Cruzeiro da Disney: A magia do Magic!

Postado por Administrador Cadê a Gi? em

Oi Viajante,

Difícil é começar esse post. Tem tanta coisa pra falar que dá um nó na cabeça e uma empolgação nos dedos pra digitar tudo que estou pensando.

Mas, bem... o cruzeiro da Disney é incrível, excepcional, fantástico, maravilhoso e qualquer outro adjetivo que você possa imaginar. Eu amo a perfeição com que a Disney trabalha e amo como eles oferecem experiências acima de tudo.

Eu estava doidinha para fazer um cruzeiro da Disney. Aí, eu pesquisei muito em vários blogs (Viajali, AndressaDicaeIndica, VaipraDisney, Ana Novais), site da própria DisneyCruise, etc. Vi que até daria para fazermos as reservas sozinhos pelo site da DisneyCruise, é bem tranquilo e fácil de comprar e até parcelar (em dólar), mas com a variação cambial, cada mês teríamos uma surpresa do valor da parcela de acordo com a alta ou baixa do dólar, então achamos melhor fechar com uma agência que adoro chamada Clube de Viagens Moms. Pela facilidade de parcelar o valor do cruzeiro em real, não ficar dependendo de oscilação cambial e também pelo atendimento personalizado, educado e cordial dessa equipe, foi a decisão certa.

Então, nas minhas pesquisas descobri que existem 4 navios de cruzeiro da Disney, por enquanto, porque estão vindo mais dois por ai. Depois de fazer uma pequena planilha com os shows, valores, tamanho, atividades e comparações em mais de 10 colunas, esqueci a planilha e vi que eu queria mesmo era ir no Magic. Ahhh, ele foi o primeiro, foi a idealização para começar o sonho no mar e, como ele foi todo renovado em 2013, achei que seria mais um ponto a favor. Mas na realidade, eu queria ir nele desde o princípio e pronto, rs.

Os outros 3 navios são o Wonder que é do tamanho do Magic e o Dream e o Fantasy, que são maiores. Apesar de menor, o Magic é um dos queridinhos dos americanos. Deve ser pelo mesmo motivo emocional que o meu. 

Com o navio escolhido, decidimos que o faríamos nas férias de Janeiro. E numa semana que teriam os heróis da Marvel. Seriam 5 noites navegando pelos mares do Caribe com Mickey, Minnie e na companhia dos nossos heróis preferidos.

Chegada a tão esperada data de 7 de janeiro de 2018, lá estávamos nós embarcando no sonhado Magic, no nosso Cruzeiro da Disney! Era muito mágico, foi empolgação demais.

Fomos com mais 3 casais de amigos. E que delicia repartir essa felicidade toda com eles. Foi uma farra!!! Afinal, a viagem fica muito mais especial quando viajamos com pessoas que combinam com a gente, né? E as crianças... eram 5 meninos de 8 anos e 1 de 4 anos, então foi integração total desde o início. Como se eles já não fossem integrados o suficiente rs. Era um tal de combinar de encontrar na piscina, levar os meninos pro clubinho, nos encontramos tal hora pro cinema, ir na fila dos personagens, etc. Eram tantas atividades que por questão de praticidade, escolhemos todos ficar no 5o andar que é exatamente onde fica o KidsClub. Assim, seria mais fácil levar e buscar as crianças no clubinho, cinema, etc.   

Outra escolha intencional foram os quartos com a claraboia redonda bem grandona, mas toda lacrada. Ficamos com medo de pegar os quartos com varanda por causa das crianças. Os quartos são ótimos e têm uma cama de casal que é alta e dá para guardar as malas embaixo dela. Próximo à claraboia, uma saletinha pequena com tv, bancada e a cama beliche que Bê se amarrou. O quarto tem um lavabo com pia e vaso e um outro espaço separado com pia e chuveiro. Apesar do quarto não ser grande, também não chegava a ser claustrofóbico.

O cruzeiro temático com os Heróis da Marvel, na verdade só tem um dia dedicado a esses heróis.... mas é "O dia". Uau, que loucura foi um dia inteiro cheio de heróis e seus vilões. Tinha gente fantasiada de super herói desde o café da manhã. E não estou falando só de criança não.... tô falando de homem feito, pai de família e mulher de idade, todos fantasiados!!! Demais.

Lógico que "dei um perdido" no marido e fui correndo comprar uma camiseta do Dr Estranho pro Bê, na lojinha do navio mesmo. Por falar nisso, essas lojas do navio são uma perdição. A camiseta que escolhi pra ele tinha até a capa. Daí, foi só improvisamos um anel feito com o papel dourado do chocolate (que eles deixam nas camas todas as noites, rsrs), passarmos gel no cabelo do Bê, colocarmos nele a bota da fantasia do pirata com a calça comprida e pronto. Foi improvisado, mas até que ficou uma imitação muito boa do Dr Estranho: Ele arrasou! Sem falar que esse é um dos nossos filmes preferidos, depois de Guerra Civil.

Esse dia foi todo correndo atrás de herói para tirar fotos. Às vezes, conseguíamos umas "fotos roubadas rapidinho" enquanto eles estavam indo de um lado pro outro, ou até mesmo no elevador. Também é possível agendar previamente pela internet fotos com alguns personagens, aí a fila é menor e exclusiva. Como não se pode agendar para todos personagens, tivemos que enfrentar as filas em alguns casos.

Agora... o show da noite desses heróis... vejam se conseguem visualizar: lá nos últimos decks do navio, a céu aberto, eles começam o show com alguns heróis no palco como o Capitão América e a Viúva Negra.... De repente, aparecem os vilões ao vivo, enquanto no telão passam imagens com mais vilões invadindo o navio, descendo as escadas e subindo paredes. Então, desce o Homem Aranha pela sua teia do alto da chaminé do navio. Quase que simultaneamente, o Dr Estranho surge de outra dimensão com seu anel poderoso. Em meio a efeitos especiais e fogos de artifício cruzando o céu, eis que surge o Homem de Ferro! Gente, é emoção demais.  Ah, apareceram até os Guardiões da Galáxia. "Eu sou Groot" - só os entendedores entenderão, rs. Resumindo, parecia que estávamos dentro de um filme da Marvel no meio do mar e com aqueles heróis todos. Acho que pirei mais que o Bê. Foi genial.

A noite de gala é que foi a maior furada: nada de capitão e só a gente de roupa arrumadona para 95% do povo de calça jeans e blusa de malha, como nas noites anteriores. A elegância e o glamour passaram longe rs. Ok que eles colocam que não é obrigatório o traje formal como nos outros cruzeiros, mas daí o pessoal nem querer saber, não vale... fomos a exceção junto a uns outros poucos passageiros com roupa mais caprichada, rs. Mas tudo bem, valeu esse meu momento vintage. Me senti glamourosa, sabe, tipo fazendo parte dos anos 20 navegando nos cruzeiros daquela época, rs.  

Aconteceu também a Noite do Pirata, quando rolou um show muito legal com personagens vestidos de pirata, pena que a gente não aproveitou muito essa noite porque o Bê precisava descansar: Um princípio de virose que fez com que perdêssemos quase toda a noite. Mas o descanso foi providencial e no dia seguinte ele já estava espertíssimo de novo.


Nosso cruzeiro saiu do porto de Miami, parou em Cozumel e na ilha Castaway Cay. Cozumel estava espetacular com aquela água maravilhosamente transparente (olha o reflexo no óculos), mas cresceu muito desde a última vez que estivemos lá (20 anos atrás). Está tomada por bares fechados, onde tem que se pagar para usufruir da praia. Mesmo assim, foi uma delícia descer do navio, alugar uma van e passear pela ilha com nossos amigos. 

Já no dia da tão esperada parada na Castway Cay, a ilha que é todinha e exclusiva da Disney, cenográfica como um filme de Piratas do Caribe, quase nem deu para descer: chovia demais!!! Mas claro que descemos, com as capas que o pessoal do navio mesmo forneceu. Como trovejava, por questões de segurança, não era permitido entrar na praia. Sim, o pessoal lá não brinca com a segurança dos hóspedes. Apesar do tempo ruim, ficamos por lá assim mesmo. Almoçamos e depois de um tempo sem chuva, lá pelas 13h foi liberada a praia. Na beira da praia, um brinquedão enorme dentro da água com esguichos e escorregas que são muito legais. Já para os  adultos (crianças não são bem vindas) Castway Cay reserva uma praia mais afastada do porto, a Serenity Bay. Gente, que praia paradisíaca, linda!!!! Só pudemos tirar umas fotos rapidinho porque estávamos com o Bê. Foi o pior dia do cruzeiro, mas aiiii aiiiii, quem dera se meus piores dias fossem todos assim ... rs rs

O navio ainda tem um cinema que não perde em nada pra uma boa sala de projeção dos melhores Shoppings. O Bê amou ver em primeira mão Thor Raggnarock antes mesmo de ser lançado no Brasil. O único "senão" é que são projeções todas em inglês. Nada de legendas.

Num dos últimos decks do navio ficam as piscinas, formadas por uma parte com jatos de águas, toboáguas e brinquedos pra galerinha e outra piscina normal, mas um tanto pequena que serve pra todo mundo. Pra completar esse deck, uma área super cool que é só de adultos. Então, era só deixar as crianças no Kidsclub e aproveitar uma horinha de tranquilidade.

 

Ahhhh, o teatro.... imaginem musicais com produções ao melhor estilo Broadway, mesmo! Que loucura, o palco abria, subia, descia... uma coisa de louco lembrar que estávamos dentro de um navio!!!! Ok, já fui em outros cruzeiros e os shows geralmente são maravilhosos, mas deixa eu curtir esse daqui, afinal não tinha visto Rapunzel nem Cinderela em nenhum outro cruzeiro rs.

O navio possui 3 restaurantes. Quando fazemos o check in, ganhamos um cartão que já diz quais restaurantes vamos comer em cada noite. Tudo muito bem programado. Mas como estávamos em grupo, tivemos que falar com nosso concierge (o simpático George) para que o grupo todo ficasse junto todas as noites e deu super certo.

Na primeira noite jantamos no Animator's. Que lindo foi ver o Mickey Mágico entrando triunfante, envolvendo todo mundo com movimentos perfeitamente sincronizados com a música e um show de luzes e projeções nas paredes do restaurante, que mudava todo de cor a cada instante. Foi de arrepiar!!!

Outro restaurante legal foi o Carioca's. Ainda que não tenha comida no estilo brasileiro (como o nome poderia supor), a homenagem é bem bacana, afinal somos brasileiros passeando a muitas milhas náuticas de distância da nossa casa, né? O terceiro restaurante chama-se Lumierer's, cujo jantar havíamos programado no dia da festa do Pirata (que Bê ficou mal) e minha família perdeu essa experiência. Nossos amigos disseram que é lindo. Fora a comilança que rola durante o dia todo nos decks das piscinas e nos bares dos navios. Impossível pensar em regime rs.

Bem, só de escrever aqui eu já fiquei com taquicardia de lembrar toda a experiência maneiríssima que tivemos. Espero que você consiga sentir um pouco desse tanto de emoção, dias felizes e relaxe que é curtir um navio da Disney e faça um você também.

Essa com certeza, é uma viagem que a gente faz e quando acaba já fica na maior secura de fazer a próxima. Caramba... e esse dólar que não baixa, assim dificulta a nossa vida de fã(náticos) da Disney rs.

É claro que usei um monte de organizadores da Cadê a Gi? para arrumar as nossas malas, afinal eu precisava me planejar pra essa viagem, porque ir pra Disney e não voltar com algumas lembranças físicas não vale né? Se quiser ver esses achados para facilitar a sua viagem também, é só clicar aqui.


Compartilhe esta postagem



← Postagem anterior Postagem seguinte →


  • Eu gostei tanto do que você escreveu que já estou pressionando o maridão em casa para fazermos uma viagem assim. Um post realmente inspirador. Nossa filha ama a Disney, sei que será uma viagem tão linda como a sua. Parabéns pelo post maravilhoso.

    Janaina Lima em
  • Muito bom esse seu relato. O post é muito completo e passa uma sensação entusiasta, uma sensação de quem adora a Disney. Fiquei com muita vontade de dar esse presente para a minha família. Já fomos várias vezes a Disney mas não sabia que o cruzeiro deles era tão maneiro assim. Valeu Gi

    Heleno Souza em
  • Que blog maravilhoso. Adorei seu estilo de escrita. E fiquem muito empolgado para levar meus filhos e minha esposa. Parece mesmo uma viagem incrível. Obroigada por todas as dicas.

    Miguel Arthur em

Gostou? Deixe um comentário 😉

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados. A data de publicação será a data de aprovação.